sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Mateiros e Tocantins: difícil de entrar, difícil de sair

Até chegar em Mateiros eu não sabia, mas as três estradas que levam até ela são precárias. Para sair de lá eu peguei a TO-247, que leva até uma região chamada Coaceral, na Bahia. No começo havia alguns pedaços com areia e um cascalho fino cobrindo a pista. Era possível pedalar em quase todo o percurso, mas com dificuldade. Levei 3 horas para percorrer os primeiros 22 km.

Parei na Pousada Galhão, após a qual havia uma bifurcação. No mapa o caminho pela direita era mais curto, por uma estrada secundária. Pela esquerda eu continuaria na TO-247. No dia anterior as pessoas não concordavam sobre qual caminho seria melhor, mas na pousada umas 5 ou 6 pessoas que olhavam o mapa comigo explicaram que pela direita haveria muita areia.

Fui pela esquerda. A estrada ficou ligeiramente melhor, ainda pesada para a bicicleta. Passei a bifurcação para uma fazenda e a estrada pareceu se estreitar um pouco. Adiante parei numa casa pedir informações. Continuava no caminho certo. Falaram de um caminho por dentro da Fazenda Santa Clara, mais curto, mas não prestei muita atenção, pois tinha o GPS para ajudar. Depois parei numa casa feita de adobe e palha onde uma senhora me ofereceu almoço. Um lugar simples, sem luz ou saneamento. Para lavar a mão ela colocava a água de um tambor dentro de uma panela.

Passei por mais casas de adobe, um rio onde vi crianças se banhando, e em seguida uma escola. A estrada ficou então deserta. Subi uma pequena serra, no fim da qual havia uma grande árvore que se destacava na paisagem. À frente a estrada se dividindo em três, todas as opções com areia fofa. Olhei o GPS. Estava 12 km longe da TO-247, a Nordeste, quando eu deveria estar seguindo para Sudeste para chegar em Coaceral. Lembrei que ao explicar o caminho pela Fazenda Santa Clara me disseram de um pedaço com areia, mas não mencionaram as bifurcações.

Devia estar no caminho errado. Pelo mapa a TO-247 virava à direita logo após o rio, mas devia ter me distraído olhando as crianças se banhar. Não tinha água suficiente para me arriscar e resolvi voltar os 12 km. Perguntei na casa próxima e me explicaram que eu estava no caminho certo, e deram mais detalhes. A TO-247 que aparece no mapa após o rio seria apenas uma trilha com muita areia, que ninguém usa. Mais cedo na Pousada Galhão ninguém fora capaz de identificar que a estrada correta não estava marcada no mapa.

Percorri de novo os mesmos 12 km. Das opções com areia peguei a do meio. Empurrei um pouco e um barro duro apareceu por baixo. Conseguia pedalar em boa parte do trecho, pois apenas uma areia fina cobria a pista. 5 km depois apareceu a cerca de que me falaram. Segui ao longo dela e avistei a sede da Fazenda Serra Geral (antiga Santa Clara, eu descobriria mais tarde).

Na fazenda fui informado pelo capataz de que faltavam 27 km para Coaceral, mas um outro senhor, dono da fazenda vizinha, disse-me que ali haveria uma serra e um longo pedaço com areia. Eu deveria pegar um caminho 22 km mais longo, porém mais fácil. Nenhuma das opções era viável para ser concluída naquele dia, pois já eram 16 h. Seria arriscado se anoitecesse antes de eu chegar em Coaceral, e decidi pousar ali.

No dia seguinte optei pelo caminho mais longo. O mesmo barro duro dos quilômetros finais do dia anterior, mas agora com pouca areia. Era quase um asfalto, e todo plano. Num Posto Fiscal fui convidado para um café e depois orientado a pegar todas as bifurcações à direita. Cheguei sem dificuldade numa fábrica da Bunge, onde havia um posto e um restaurante.

Estava agora na BA-225, uma estrada asfaltada mas bem esburacada. Caminhões demoravam 4 horas para percorrer 70 km, me disseram, mas para a bike foi fácil. Somente em alguns trechos tive que ir mais devagar. Depois entrei na BR-135 e terminei o dia em Formosa do Rio Preto.

Estatísticas:

Dia 51 (Fazenda Serra Geral): 82,39 km @ 11,12 km/h, 725 m ↑
Dia 52 (Formosa do Rio Preto): 149,39 km @ 19,84 km/h, 387 m ↑

Total: 4859 km

IMG_4439 - Estrada arenosa na saída de Mateiros

IMG_4451 - Córrego Come-Assado

Córrego Come-Assado

IMG_4463 - Casa de adobe na TO-247

IMG_4469 - Início da areia em estrada secundária para Coaceral

Bifurcação com areia na estrada para Coaceral

IMG_4483 - Pôr-do-sol na Fazenda Serra Geral

Pôr-do-sol na Fazenda Serra Geral

IMG_4491 - Chegada em Coaceral

Chegada em Coaceral

IMG_4495 - Buracos na BA-225

Buracos na BA-225