terça-feira, 28 de outubro de 2014

Fantástico Rio Grande do Norte

Entre os dias 15 e 19 de outubro pedalei pelo Rio Grande do Norte. Foi a etapa mais fascinante da viagem. Combinado às praias de águas azuis que vinha encontrando desde a Bahia, vi belíssimas falésias e dunas. Atravessei vários rios de balsa, encurtando o caminho entre as praias. Precisei empurrar a bike na areia. Passei ao lado de salinas e turbinas eólicas.

Só no dia em que saí de Touros é que não vi praias. Inicialmente eu iria para São Miguel do Gostoso e depois Galinhos mas, relendo o relato do Aramis, senti uma preguiça enorme ao saber que teria muitos quilômetros de estrada de chão.

Resolvi abrir mão das praias em favor do asfalto, começando o pedal às 4h55. Após um breve detour para fotografar o início da BR-101 segui para João Câmara. Foi uma suave e constante subida até os 100 m de altitude. Tomei um café e continuei pela BR-406, sentido Macau. Houve algumas ondulações no começo mas então ficou plano.

Estava pedalando rápido. Eu sabia o que era mas quis conferir no altímetro se eu não estava descendo. Foi então que vi, de longe, um parque eólico nas duas margens da estrada. A orientação das pás das turbinas não mentia: soprava um forte vento a favor, perfeitamente alinhado com a pista.

Amigos, imaginem a alegria de um cicloviajante pedalando sempre entre 30 e 40 km/h em pleno sertão nordestino, por um retão de nada menos que 80 km. Eu ria sozinho! Além do vento houve uma descida constante de João Câmara a Baixa do Meio, que manteve a velocidade mais perto dos 40 km/h nos primeiros 40 km.

Cheguei em Pendências, com mais de 180 km rodados, antes das 15 h. Não só a velocidade, mas também a paisagem da caatinga, que a maioria das pessoas só vê pela TV, deixaram uma lembrança ainda melhor do Rio Grande do Norte.

Estatísticas:

Dia 76 (Barra do Cunhaú): 138,06 km @ 19,97 km/h, 946 m ↑
Dia 77 (Natal): 78,25 km @ 14,62 km/h, 710 m ↑
Dia 78 (Touros): 114,44 km @ 18,31 km/h, 653 m ↑
Dia 79 (Pendências): 185,00 km @ 23,13 km/h, 898 m ↑
Dia 80 (Icapuí): 126,53 km @ 20,71 km/h, 567 m ↑

Total: 7684 km

IMG_5597

Nascer-do-sol em Barra do Cunhaú

IMG_5639

IMG_5643

Falésias em Pipa

IMG_5667

Caminho para Tibau do Sul

IMG_5689

IMG_5695

Praia da Barreta

IMG_5729 - Dunas de Jenipabu

Dunas de Jenipabu

IMG_5751

Balsa em Barra do Rio

IMG_5759

IMG_5763

Caminho para Jacumã

IMG_5790

Caminho para Maracajaú

IMG_5810

Início da BR-101

IMG_5840

BR-406 com vento a favor

IMG_5864

Construções abandonadas em Terras Secas

IMG_5878

IMG_5881

Estrada do Óleo (construída pela Petrobrás)

IMG_5887

Olha o jegue!

IMG_5916 - Entroncamento com RN-404

Entroncamento com RN-404

IMG_5931 - Salinas na RN-404

Salinas na RN-404

IMG_5954

IMG_5960

IMG_5964

Praia do Rosado

IMG_5969 - Ponta do Mel

Ponta do Mel

IMG_5978 - Chegada em Areia Branca pela BR-110

Chegada em Areia Branca pela BR-110

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Decepção em Porto de Galinhas, surpresa em João Pessoa

A primeira parada em Pernambuco eu fiz em Porto de Galinhas. Deixei até mesmo de visitar outras praias, como Tamandaré, por causa da fama do local. Mas foi uma grande decepção. Cheguei numa sexta-feira, quando estava lotado de turistas, e demorei duas horas para achar uma pousada de 60 reais (a mais cara da viagem). Tinha fila para tudo, e precisei enfrentar uma delas no mercado.

Fui dormir decidido a visitar as piscinas naturais na manhã seguinte. Tomei o café da pousada (que não era grande coisa) e saí as 10 horas, pouco antes da maré baixa (situação ideal para visitar as piscinas). Desviei com dificuldade dos guardasois que entupiam a praia e entrei no mar decidido a nadar até as piscinas para poupar tempo. Mas eis que um fiscal do Ibama atrás de um cordão de isolamento estendido ao redor das piscinas me diz que precisava pegar uma pulseira (grátis) para fazer a visitação. Fui pegar a tal pulseira e tinha uma fila de umas 100 pessoas. Fiquei 2 minutos, perdi a paciência e fui embora.

Porto de Galinhas é uma praia bonita, sem dúvida, mas não tem nada de extraordinário para quem já atravessou o litoral alagoano. Em outras circunstâncias eu poderia ter gostado.

Saí de lá por uma estrada nova, pedagiada, e cheguei em Recife, no apartamento de minha cunhada Daniela, após atravessar a Rota dos Coqueiros e a praia de Boa Viagem. No dia seguinte fui com ela visitar Olinda e o Instituto Brennand.

Queria continuar o caminho pelas praias e tomei a estrada beiramar no sentido de Maria Farinha. O barqueiro queria me cobrar 60 reais para me levar até a Ilha de Itamaracá, e então me contentei em pegar a balsa para Nova Cruz por 3 reais e voltar à BR-101.

Na divisa com a Paraíba perdi a saída para a primeira praia do estado, Pitimbu, e só notei 4 km depois. Não quis voltar e peguei a próxima saída que vi no mapa. Na estrada de asfalto bom as placas que correspondiam ao que vira no mapa (PB-028) indicavam "Fábrica Elizabeth". Como não tinha menção de praias sabia que teria uma surpresa. E depois de 7 km, quando passei pela fábrica, encontrei mais 7 km de estrada de chão com várias subidas pesadas.

Em João Pessoa meu amigo Roger me hospedou, e fiquei mais um dia descansando. Inverti os pneus da bike, aos 7 mil km. Fomos à praia no final da tarde e a um espetacular rodízio de camarão a noite, o restaurante Canoa dos Camarões, em Manaíra. Concluí, concordando com o que já ouvira, que João Pessoa é uma excelente cidade para morar. Não encontrei muito trânsito e tem uma bela orla, sem os prédios altos que infestam a de várias capitais.

Em Cabedelo tomei a balsa para Lucena, descobri que não havia conexão entre as praias (por alguma embarcação regular), e voltei à BR-101, por onde deixei a Paraíba.

Estatísticas:

Dia 71 (Porto de Galinhas): 128,32 km @ 18,40 km/h, 703 m ↑
Dia 72 (Recife): 68,67 km @ 20,80 km/h, 199 m ↑
Dia 74 (João Pessoa): 170,49 km @ 20,22 km/h, 1514 m ↑

Total: 7041 km

IMG_5397 - Área de proteção à Mata Atlântica na PE-060

Área de proteção à Mata Atlântica na PE-060

IMG_5403 - Porto de Galinhas

IMG_5405 - Praia de Porto de Galinhas

IMG_5416 - Porto de Galinhas

IMG_5417

IMG_5419

IMG_5421

Porto de Galinhas

IMG_5422 - Fila para visitação das piscinas naturais em Porto de Galinhas

Fila para visitação das piscinas naturais em Porto de Galinhas

IMG_5432 - Recife vista de Itapoama

Recife vista de Itapoama

IMG_5438 - Vista da ponte estaiada

Vista da ponte estaiada

IMG_5442 - Praia de Boa Viagem

Praia de Boa Viagem

IMG_5448 - Olinda

Olinda

IMG_5455 - Mosteiro de São Bento

Mosteiro de São Bento

IMG_5458 - Recife vista de Olinda

Recife vista de Olinda

IMG_5481 - Instituto Ricardo Brennand

Instituto Ricardo Brennand

IMG_5498 - Goiana vista da BR-101

Goiana vista da BR-101

IMG_5510 - Ponta do Seixas

Um registro possível da passagem pela Ponta do Seixas, o ponto mais oriental das Américas

IMG_5516 - Diferença no desgaste dos pneus

IMG_5517 - Fazendo o rodízio dos pneus

Fazendo o rodízio dos pneus

IMG_5527

Praia do Bessa em João Pessoa

IMG_5544 - Início da Transamazônica em Cabedelo

Que não me acusem de não pedalar pela Transamazônica!

IMG_5550

IMG_5557

IMG_5558

Balsa de Cabedelo a Lucena

IMG_5565 - PB-019

PB-019

IMG_5570 - Promoção de água de coco

Cheguei nessa barraca com muita sede e pude tomar 5 águas de coco a 4 reais!